quinta-feira, 19 de março de 2009

59. QUEM TÁ NA CHUVA É PRA SE MOLHAR


Nos últimos dias, chuvas torrenciais castigaram o Rio de Janeiro e na última sexta feira 13, especialmente. Muitos raios riscavam o céu, feito coriscos loucos, num reveillon de Copacabana fora de época. Eu acho a coisa mais linda aqueles raios iluminando tudo, como se a natureza dissesse: “estátua”! E ficasse todo mundo paradinho naquela posição de flash. Uma coisa linda, eu adoro! Mas apavorante, claro, ainda mais para quem não está acostumado ou/e desprotegido.
Eu passei minha infância no norte, mas precisamente em Manaus, aonde os pingos da chuva chegam a doer, de tão grossos e fortes que eles caem. E os raios, então?! Com trovão e tudo, numa sinfonia amazônica de deixar qualquer um embasbacado.
E era uma beleza, bastava chover que a gente ia correndo tomar banho de chuva, rapidinho, e rapidinho mesmo! Se fosse discutir a relação, já era. As chuvas da região são potentes e rápidas, já vou , fui.
E aí eu me preparava toda animada para uma festinha de amigos, cheia de segundas, terceiras e quartas intenções, afinal eu ia pra farrinha, coisa que não ando fazendo muito nesses tempos. E começou a chover. Muito. E raios, raios, raios.... E eu ali, na frente do espelho.
Pois foi nessa hora que eu lembrei da minha infância de Manaus. Bastava começar a relampejar que a mulherada, sob as ordens da minha avó, saiam recolhendo as tesouras e corriam para cobrir os espelhos da casa toda, era uma loucura!
Pois na hora do grande raio, instintivamente, saí da frente do espelho. De repente me deu um medinho, fiquei amuada. Eu agora estava grilada e olhava desconfiada para o espelho. E também agora não era mais uma garota, e sim uma mulher que, depois da mastectomia, saía para o seu primeiro possível encontro com um rapaz. Era tudo uma novidade.
Peraí, pára tudo.
Pois olha só, mira vovó. Me desculpe, mas este espelho aqui eu não vou cobrir não, de maneira nenhuma. Fui.

7 comentários:

Solange disse...

Olá Clélia,

Quero deixar aqui minha admiração por sua pessoa. As vezes vc fala umas coisas suas e eu acho isso lindo, vc abre sua intimidade de uma maneira mágica.


Bjs.

Gotinhas de Alegria disse...

Olá minha querida Clélia,

Te conheço desde a entrevista no Sem Censura. Tinha exatamente 24 horas que havia me submetido a retirada de um carcinoma in situ no colo do útero e um (até então C4) na mama direita. Ouvir e ver vc foi a confirmação da postura que havia assumido desde o dia do meu diagnóstico. Otimismo e fé incondicionalmente. "Quem tá na chuva é pra se molhar mesmo." E se é pra ficar molhada que eu aprecie as gotas e lave tbm a alma.
Obrigada pelo comentário em meu blog. Tbm gostei muito de saber sobre a Noormose. AFF Clélia, tô fora desta neurose. Rsrsrsrsr
Desde então venho te acompanhando e te encontrado, dia após dia mais minha amiga.
O espelho que tenho na parede da copa quebrou. E daí. Ele continua refletindo o que quero ver. Pois me vejo até a alma e este aprendizado ninguém arranca de nós.

Siga, sempre na direção que decidir.
Bjãozão!

Joyce disse...

oi gatona!

hj é o dia do blogueiro

tem selo pra vc no blog

bjos

Lucia Wanderley disse...

Olá Clélinha vc tem razão, não costumo esconder espelhos nem tesoura, masss não consegui nem colocar aquelas portas de correr com espelhos no meu quarto.... só em pensar como vou fazer qdo começar os raios kakakakak é instinto mesmo... saudades e bjinhoss em todos

Menina Robô disse...

Ahh... Manaus, continua com esses raios rebeldes, e realmente aqui a chuva é de derrubar a Amazônia toda. =]

Beijos!
Feliz dia dos Blogueiros Amiga!

Renata (impermeável a) disse...

Eu briguei com meu espelho desde começei a quimio.
Sempre fui muito vaidosa...e foi uma lição para mim!!!!!
Na quinta, ja 8 dias livre das quimios... fui para a consulta médica... e meus olhares ao espelho foi... de uma minina que vai ter seu primeiro encontro....
rsrsrsr...

foi bom andar e sentir os olhares masculinos...
rsrsrs...

pensei.." estou de volta"!!!!

rsrsr...

beijos..

fernanda disse...

E era uma beleza, bastava chover que a gente ia correndo tomar banho de chuva, rapidinho, e rapidinho mesmo! Se fosse discutir a relação, já era.
adorei isso!!!kkkk

te admiro muito sabe, por tudo que ja passou e nunca baixou a cabeça, vo tenta me espelha em vc daqui pra frente...
beijos