sexta-feira, 14 de novembro de 2008

19. Tchau Manaus, até ano que vem!

Tucuxi, tacacá, pacú, jambu, pirarucu, tambaqui, jaraqui, uarini, ananã, graviola, cupuaçu, tucupi, tucumã, pupunha, ingá, ...poderia ficar o dia inteiro falando os nomes que ouvi e que estavam dando uma dormida na minha memória, ou que eu pude saborear na minha estada em Manaus, minha terrinha do coração, durante o Amazonas Film Festival.

Mas agora só posso dizer: Vumbura já maninha, tenho que ir embora.

Zeca, Estela, Publio, Vania, Barbosa (meu colega de tratamento), Lucia, Cacau, Helena, Ceita, Mona, Raíssa, Larissa, e mais uma penca de parentes, o meu "hospício' familiar particular, "foi muito bom estar com vocês", como diz aquela apresentadora de tv que mais parece uma paquita vencida.
Agora imagina todo os Bessa Cyrino além dos Bessa Freire (meus tios avós começavam a contar os filhos à partir do número 4), católicos que são, rezando por mim: quero é ver se esse carcinoma já não se borrou de medo e foi-se embora às carreiras...

Vou levar tudo que vivi até o caroço, a força que esta terra me dá, acumular energia para o que vou viver pela frente, skindô, skindô, skindô.

Fiquei tão relaxada por aqui que cheguei a falar num final de dia : "nossa, estou espirrando muito, acho que vou ficar doente"... Ao que o Serginho respondeu, na lata: "ué, como assim? Tá maluca? E caímos na gargalhada... esqueci do babaca do câncer totalmente.

E, para provar sou da gema, olha só a minha desenvoltura e segurança na rede, que beleza. Só faltava achar um bôto pra chamar de meu...aí, confesso, poderia até me perder por aqui...

Eita, esqueci do meu encontro "romântico" com o meu oncologista no dia 24, para a minha última quiomioteria antes da cirurgia.
Meu date com o bôto vai ter que ficar para o ano que vem e tenho certeza que vou encantá-lo mesmo "despeitada".
Ele pode vir quente que estarei fervendo.

2 comentários:

Marta disse...

Oi Clélia,
Algum tempo depois... seu blog tá no ponto, equilibradérrimo, bem-humorado sem perder a seriedade que o assunto merece.
Desculpa a demora do feed back. Juro que li seu primeiro post no dia que vc me ligou, fui uma das primeiras!!Provavelmente eu não respondi porque uma borboleta deve ter passado e eu fui olhar pra ela, ou o telefone deve ter tocado, sei lá., leseira bessa-baré não se explica.
Só depois que recebi o email do seu pai com a reportagem da Folha, que eu lembrei: putz, a Clélia pediu minha opinião... ai, voltei aqui e li o resto. Sem querer justificar minha demora, mas se vc tivesse caidinha, fragilizada, podia passar uma avião dentro da minha sala que eu iria te responder logo. Como vc está bem, ainda bem, não registrei como urgente. Aliás, estou te achando melhor com câncer do que em alguns momentos da sua vida sem ele. Pode isso?
Beijos
Marta

naniluck disse...

Pode ser só com esse comentário ? Mais vida prá voce ! Feliz vida prá voce ! Parabéns pra voce ! Que maravilha poder ler e ver voce ! Cancer tem cura...voce venceu ! Meu carinho...e feliz blog !